São Silvestre de Espinho é já uma tradição da cidade

Tempo de leitura
1minuto(s)

São Silvestre de Espinho é já uma tradição da cidade

Dezembro 20, 2016 - 16:43

Prova espinhense, marcada para dia 7 de janeiro, foi apresentada à comunicação social

Da esquerda para a direita: José Manuel Henriques (diretor do Atletas.net), Pinto Moreira (presidente da autarquia) e Jorge Crespo (Chefe do Gabinete de Desporto da C.M. de Espinho)

A terceira edição da São Silvestre de Espinho foi hoje apresentada à comunicação social no Salão Nobre dos Paços de Concelho e Pinto Moreira, presidente da autarquia, foi categórico na sua intervenção: «Esta prova é já uma tradição na cidade» e acrescentou: «Estamos a trabalhar, em conjunto com o Atletas.net, para consolidar a prova e torná-la cada vez mais participada».

 

A 3ª São Silvestre de Espinho, marcada para as 18 horas do dia 7 de janeiro, é o evento que encerra o Programa da Cidade Encantada e a organização espera ultrapassar as cerca de mil e duzentas inscrições, entre prova de 10km e Caminhada de 5 km.

 

José Manuel Henriques, diretor do Atletas.net explicou que nesta edição, do ponto de vista técnico, há a salientar a introdução da cronometragem do último quilómetro: «É algo que já testámos com sucesso num dos nossos eventos e é uma forma suplementtar de motivar os atletas, a mil metros da meta» - disse.

 

Nota ainda para o Prémio António Leitão, que distingue a carreira de uma personalidade do atletismo aveirense. Depois de António Branco, em 2015 e Carla Martinho, em 2016, a escolha para 2017 recaíu em Alberto Batista, pelo seu trabalho social associado à prática do atletismo.

 

De referir ainda que o trânsito automóvel, nas principais artérias da cidade de Espinho, no dia 7 de janeiro, estará condicionado entre as 17:30 e as 19:30 horas, por virtude da realização do evento, que começa já a ser uma tradição na cidade de Espinho e um estímulo à economia local, em especial do pequeno comércio e hotelaria.

 

Nota final para a alusão a António Leitão, uma imagem de marca da São Silvestre de Espinho, desde a sua primeira edição. Este ano esse tributo será ainda reforçado na imagem do atleta olímpico espinhense, que estará presente no pórtico de meta e na medalha de participação dos atletas da prova de 10 quilómetros.